Paula Nogueira

Life Coach - Pessoal e Profissional

Sobre

Eu transformo vidas, mentalidades, comportamentos, participo do processo de autodesenvolvimento, para que as pessoas alcancem excelência em suas vidas e vivam a um sonho concretizado, assim como eu vivo os meus.
Atendo clientes jovens, estudantes, vestibulandos, a vencerem a tensão e a estarem preparados física, psicológica e emocionalmente para as provas.
Atendo adultos, homens e mulheres, que desejam
> empreender em uma nova área;
> ter mais confiança e planejar ações estratégicas para obterem mais resultados em áreas como a social, a emocional, a familiar, a saúde;
> emagrecer e ter uma vida mais saudável;
>adquirir um novo bem material;
>conquistar relacionamentos mais positivos;
> praticar suas paixões
> dedicar-se ao bem-estar

Certificados

O profissional não anexou certificados.

Experiência

Experiência prévia de 300 horas

+ 36 horas de vôo no 4You

Atua desde 31/01/2018

Nichos de atuação

Wellness coaching

Autoconhecimento para jovens voltado para a escolha de carreira

Relacionamento amoroso

Esportes

Coaching social

Coaching para empreendedores

Coaching para realização metas

Life Coaching

Team Coaching

Positive Coaching

Faça uma avaliação gratuita

Roda da Vida

A Roda da Vida é uma ferramenta que permite uma visão sistêmica da sua vida, sendo possível visualizar áreas relevantes que necessitam de atenção. Esta visão também permite ao profissional identificar elementos importantes a serem trabalhados em sessões futuras.

Como funciona

1. Reflita sobre cada área da sua vida e dê uma nota de 1 a 10 o quanto você está satisfeito com ela.

2. Informe apenas alguns dados para contato e envie a sua Roda da Vida para o(a) profissional Paula fazer uma avaliação e retornar para você.

3. A sua Roda da Vida será lida apenas por Paula. Esta será uma informação confidencial.

Mentoring4You - Plataforma online para coaches

De 1 a 10, quanto você se sente satisfeito com...

Clique nas áreas do gráfico para dar sua nota de 1 a 10.

Informe seus dados para contato

Publicações recentes

...

Paula Nogueira

Life Coach - Pessoal e Profissional

Estudar pra quê?

As informações, os dados, os conceitos estão aí para quem desejar conhecê-los. E somos não só expostos a tudo isso, mas também obrigados a dar conta de um volume imenso de informações.
Uma das principais consequências desse fenômeno que impera atualmente é a ilusão de possuir conhecimento.
Segundo a tradição e a experiência, o conhecimento é construído ao longo de um processo. Este envolve inteligências, habilidades e competências que o indivíduo possui ou precisa criar a depender do objetivo daquele conhecimento escolhido para se dominar.
Se alguém está doente e precisando de alguma cirurgia vai ao médico, espera que o doutor tenha construído seu conhecimento de maneira adequada. O paciente não se sentirá seguro ao ouvir que o “doutor” aprendeu a operar assistindo vídeos em alguma rede social.
Por isso, para dominar conhecimento em qualquer área vale a pena dedicar tempo e esforço a fim de desenvolver o domínio que o tornará conhecedor no assunto. Isso vale, inclusive, para o autoconhecimento: aprender competências, aprender a ser produtivo, aprender a ser feliz, aprender a realizar seus sonhos. Ninguém consegue isso tudo apenas assistindo alguns vídeos na internet.

Assim, necessário é passar pela transformação incrível que é o processo do aprendizado; apropriar-se; crescer. Deixe de ser um Estudar Pra Quê e seja cada vez mais um Estudar Pra Ser.

1
0
...

Paula Nogueira

Life Coach - Pessoal e Profissional

VAMOS FALAR SOBRE RESULTADOS

Resultado é a situação final que
surge como consequência de ações prévias. Muitas pessoas não percebem a relação
entre resultados e ações prévias. Acreditam que o que lhes acontece é obra do
acaso, das circunstâncias ou de outras pessoas. Com isso, acabam perdendo o
poder de gerar os resultados que elas gostariam de obter em suas vidas. Você
conhece alguém que pensa assim?

Como coach: O coaching muda
radicalmente esse padrão de pensamento porque leva as pessoas a assumirem a
responsabilidade por suas ações e a identificar e executar as ações necessárias
para obter resultados desejados. Eles podem ser:

Melhoria na qualidade de vida;
melhor uso do tempo; equilíbrio entre o pessoal e o profissional, social e
familiar; diminuição do stress; aumento de disposição; habilidades para
resolução de conflitos; relacionamentos mais produtivos e saudáveis;
comunicação mais eficaz; geração e administração dos recursos financeiros;
elevação do foco, motivação, organização, autodisciplina, inteligência
emocional e social; modificar hábitos e comportamentos improdutivos e
desenvolver novas competências.

Agora, eu gostaria de propor o
seguinte: que você reflita e responda pra si mesmo.

Você concorda que resultados como
esses podem ser a chave para a realização de grandes conquistas ou de grandes sonhos?

Qual é a diferença entre os
resultados esperados e os resultados reais quando alguém sonha em ter uma casa
própria, um carro novo, abrir uma empresa, mudar de país, transformar seus
relacionamentos?

Essa pessoa pode ser você: o que
você sonhava que seria, teria ou faria com a idade que tem agora? E o que você
deseja ser, ter ou fazer daqui a cinco anos, dez anos ou vinte anos?

Para ajudar na sua reflexão, eu
vou contar uma História:

Vamos supor que hoje à noite você receba um telefonema de um advogado:
Fulano, você tem um tio muito distante que foi milionário. Ele faleceu, deixou
um testamento, eu vou ler pra você. Ele foi muito próspero e ele deixou pra
você, único sobrinho, um milhão de dólares em dinheiro vivo guardado em uma
caixa de depósito num banco na Suíça, trancada com uma chave de prata. Esse tio
era um aventureiro e ele deixou essa chave de prata em uma caixa no alto de uma
montanha.

O seu tio deixou muito claro no testamento que você tem que resgatar essa
chave pessoalmente, sem auxílio de helicóptero, no Monte Mckinley no Alaska, a
20.000 mil pés de altitude (não é um monte impossível, não é o Everest, muitos
alpinistas já escalaram o Monte Mckinley). Cláusula: você tem 18 meses para
realizar essa tarefa, e se não o fizer todo esse dinheiro vai ficar lá
apodrecendo, ninguém vai tocar nele.

O que você faria? E o que você precisaria? Preparo, aulas, contratar um
pessoa que já fez isso antes, preparo físico, mental, emocional, ter um plano,
curso de sobrevivência, mudaria sua alimentação, seus hábitos diários, como você
pensaria? “Ai, meu Deus, eu vou morrer?” Ou “Um milhão de dólares me esperando?”
Não adianta chegar no pé da montanha e subir, porque assim você vai morrer.

E aí, O que você achou dessa
história? O que você faria? O que você acredita que a maioria das pessoas
fariam?

Eu contei essa história porque
ela mostra como se podem perceber os resultados que você quer que sejam
concretos na sua jornada: consequência de um processo de ações prévias. Isso faz
sentido para você? Faz sentido pra você pensar que esses resultados podem fazer
parte de um sonho que você deseja realizar?





























Às vezes queremos coisas mais
fáceis de se obter e outras vezes coisas mais trabalhosas.  E quase todas são possíveis. Você concorda?
Isso fez sentido pra você? Esse conteúdo foi útil pra você? 

1
0
Oi! Posso te ajudar?